Resenha | P.S.: Ainda Amo Você - Jenny Han

Livro: P. S. Ainda Amo Você
Autora: Jenny Han
Tradutora: Regiane Winarski
Editora: Intrínseca
Páginas: 304
Lara Jean não esperava se apaixonar de verdade por Peter. Eles só estavam fingindo. Mas então não estavam mais, e agora Lara precisa aprender como é estar em um relacionamento que não é de faz de conta.
Ela parece estar conseguindo, sua história com Peter vai de vento em popa, mas quando outro garoto do passado cai de paraquedas bem no meio de tudo, os sentimentos de Lara por ele também retornam.
Será que é possível gostar de dois garotos ao mesmo tempo?
P.S Ainda Amo Você é segundo livro de uma trilogia, sendo que o primeiro é Para Todos Os Garotos Que Já Amei (leia a resenha aqui) e o terceiro ainda vai ser lançado (previsto para abril de 2017), denominado de "Always and Forever, Lara Jean".

Como contei na resenha de Para Todos Os Garotos Que Já Amei, a história é basicamente sobre o amadurecimento de Lara Jean, que está passando por problemas juvenis e já no primeiro livro, Lara Jean tem um grande avanço e realmente acompanhamos o crescimento dela como pessoa, tanto para si quanto para os outros. Em P.S.: Ainda Amo Você, continuamos vendo o crescimento tanto dela quanto dos outros personagens, a diferença é que agora ela tem que lidar com mais coisas, por exemplo: o namorado, que agora é de verdade. E a volta de um amor do passado.



Em Para Todos Os Garotos Que Já Amei, as cartas que Lara Jean escrevia para se despedir e nunca mais sentir nada para os garotos que amava, são enviadas misteriosamente para cada um deles – cinco ao todo. Para evitar uma situação desagradável com sua irmã e o ex-namorado dela (que foi o amor de Lara Jean por muito), ela começa um namoro de mentira com Peter – um dos cincos garotos –, por quem já foi apaixonada, mas aparentemente essa paixão ficou no passado. Ela namora com ele para evitar Josh e ele para provar que não voltará com a ex-namorada. Era de mentira. Não iriam se apaixonar. Tinham até um contrato. No fim, eles assumem para si mesmo que estão apaixonados um pelo outro, fato esse que o leitor percebe quase desde o começo (pelo menos comigo foi assim).
Em P.S.: Ainda Amo Você, Lara Jean e Peter começam a namorar. Dessa vez, de verdade. Mas Lara Jean ainda está em sua fase de amadurecimento e ainda tem seus dramas "juvenis". Percebemos uma Lara Jean com inúmeras inseguranças. Namora Peter, o cara bonito que todas as meninas babam e os meninos querem ser amigo, que têm uma ex-namorada (ex-amiga de Lara Jean também) que está constantemente na vida de Peter, mesmo que tenham terminado. Mesmo que já lide bem, ainda sente falta da irmã mais velha, tem a vontade de ver o pai superar a morte da mãe e seguir em frente, encontrando uma nova companheira.
Porém. mesmo com tudo isso, Lara Jean ainda pode se sentir feliz. Está namorando Peter e todas as vezes que olha para ele, não consegue não sorrir, entretanto, sua felicidade pode estar com os dias contados. Lara Jean começa a sofrer bullying cibernético após um vídeo íntimo seu e de Peter ser postado anonimamente na internet.


O amadurecimento de Lara Jean neste livro é maior ainda, sei que ainda não posso dizer porque não li o terceiro, mas quando terminei de ler o livro (por mais que eu queira a continuação porque estou apaixonada pela história) poderia dizer que o final dele é realmente o final. O final de tudo. É como se ela tivesse chegado ao máximo de seu amadurecimento, como se já estivesse crescida o suficiente para qualquer coisa. Ela aprendeu a se divertir, a se entregar mais, a ter menos medo e principalmente a ouvir seu coração. Quando ela entende que existe laços que criamos ao decorrer da vida que nunca poderão ser desfeitos, Lara Jean entende tudo. Entende que talvez terá que partir ou terá o coração partido, mas tudo bem. É melhor assim, porque quer dizer que foi verdadeiro. Um contrato não irá protegê-la de nada, só não a deixará viver.

"O primeiro não é necessariamente o último, mas sempre vai ser o primeiro, e isso é especial."

A narrativa de Jenny Han (me tronei fã dessa escritora) é sem dúvida maravilhosa, com reflexões aparentemente bobas que te fazem parar para pensar. Leve, descontraído, mas ainda assim, sério com assuntos que precisam de seriedade, como o bullying, e principalmente, emocionante.

O processo de amadurecimento da protagonista, mesmo que com assuntos simples como: ciúmes, amizades perdidas, novas e outras reconquistadas, dramas familiares, bullying e o primeiro amor, nos leva a um amadurecimento também. A um crescimento com a personagem.

Não saberia escolher qual dos dois livros é meu preferido, porque cada um têm pontos que me atraem. Para Todos Os Garotos Que Já Amei, mesmo que Lara Jean e Peter não estejam necessariamente juntos, já que é só de mentira, aquele clima de pré paixão, onde fica aquele romance no ar, me encanta. Em P.S.: Ainda Amo Você, eles realmente estão juntos e o romance está ali, e isso é maravilhoso, mas o triangulo amoroso com um dos garotos por quem Lara Jean já se apaixonou, acaba esfriando um pouco esse clima entre ela e Peter. Mas mesmo assim, sou tão apaixonada por Lara Jean e Peter, que não consegui parar de ler, então, é claro que a chegada deste garoto do passado é importante para a história.


A capa do livro, o título dele e talvez até a sinopse menosprezem a verdadeira essência do livro. Pode parecer superficial (eu pensava isso), mas não, muito pelo contrário. Com fofura, leveza e simplicidade, a autora nos traz ensinamentos e reflexões para a vida.

Quero confessar algo para vocês, estou precisando de pessoas que já leram esses livros para poder conversar. Vocês entendem? Sabe quando você lê aquele livro e não consegue parar de pensar nele e precisa de alguém para conversar? Se alguém aqui leu, comente, precisamos conversar sobre certas cenas. TALVEZ ISSO SEJA UM SPOILER, na cena em que a Lara Jean diz para Peter que não pode... ela já partiu o coração dele e talvez ele o dela (mesmo que tenham prometido não fazer isso) e ela vai embora com John, fez meu coração despedaçar. PRECISO (NECESSITO) conversar com alguém sobre isso.

"O coração dele é meu, só meu. Eu acredito agora. É meu para cuidar e proteger, é meu para partir.
Adquira

5 comentários:

  1. Só de pensar que muitas meninas passam pelo mesmo que ela e não tem a força para dar a volta por cima e amadurecer... é de doer!
    Esse livro deve ser maravilhoso :D

    Bjinhos,
    ❥ AmigaDelicada.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Vim retribuir a visita ao seu blog e já segui. Queria agradecer o carinho que teve com o meu, dizendo que achei o seu uma maravilha.
    Infelizmente não li ainda nenhum dos dois livros para você desabafar comigo, mas mudarei isso em breve!
    Beijos,
    Carol | Fantasma Literário
    http://ofantasmaliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oiiii

    Faz tempo que quero conferir essa trilogia da Jenny Han, mas entre tantas novidades, confesso que acabava deixando passar... Vamos ver se em 2017 consigo ler pelo menos a primeira parte da trilogia que parece ser bem fofa.

    Beijos

    resenhaatual.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eu li os dois livros e amei! Esperando ansiosa pelo terceiro! Parabéns pela resenha!
    bjs

    Amor por Livros

    ResponderExcluir
  5. Olá! Não sabia que é uma trilogia, já tinha visto algumas vezes esse livro, mas por não fazer muito o gênero que gosto, sempre deixei de lado, mas parece mesmo ser uma leitura bem leve e interessante por trazer reflexões né.
    Beijo!

    Books Many Books
    Facebook

    ResponderExcluir