3 de março de 2017

Magia é Sonhar Entrevista Andrea Marques


E aí, pessoal! Tudo bem com vocês?
Venho hoje aqui para trazer mais uma entrevista para vocês. A segunda entrevista do Magia é Sonhar é com a simpática Andrea Marques, escritora de Amor de Cordel.
Se você ainda não sabe de que livro estou falando, já está na hora de saber. Saiba mais sobre Amor de Cordel, clicando aqui.

Bom, sem mais enrolação, confira a entrevista!

Magia é Sonhar: Como e quando surgiu a vontade de escrever? 
Andrea Marques: Há cinco anos senti a necessidade de escrever, colocar no papel minhas ideias e experiências, então comecei a escrever Amor de Cordel.

MS: Quais são seus livros e autores preferidos? Em quem você se inspira? 
AM: Gosto de Amor nos Tempos de Cólera, de Gabriel Garcia Márquez e também da saga Crepúsculo de Stephenie Meyer. 

MS: Você teve algum receio ou medo de publicar Amor de Cordel? 
AM: Sim, pelo fato de ser T.O., fiquei com medo de como outras terapeutas encarariam a história. 

MS: Como surgiu Amor de Cordel para você? Quando você percebeu que essa era uma história que merecia ser contada?
AM: Surgiu como uma necessidade de por para fora alguns anseios e frustrações, admito que durante um bom tempo, Carol foi meu alter ego (mil vezes melhor que eu evidentemente), mas de qualquer modo, ela deu voz a muitas coisas minhas e junto com isso fui criando situações fictícias para incrementar a história. 

MS: Os personagens, Carol e Alexandre, são inspirados em alguém específico? 
AM: Sim, como mencionei, Carol tem características minhas e Alexandre é um misto de todos os amores que vivi. 

MS: O livro tem uma crítica social bem forte em relação à saúde pública do Brasil. Você sempre quis relatar e descrever esse tema? 
AM: Sim, nunca tive uma postura partidária, nunca levantei uma bandeira específica, mas achei que seria importante falar um pouco do tema baseado nas minhas experiências. 

MS: Como você mesma cita no livro, o nosso país conhece pouco sobre o que é um Terapeuta Ocupacional e nem sabe a sua importância, muitos nem tem conhecimento da existência desta profissão. Você, sendo uma T.O., quis trazer essa profissão à personagem principal para mostrar a importância da Terapia Ocupacional? 
AM: Sem dúvida. Queria que o público conhecesse a importância do profissional e do processo de reabilitação, em Amor de Cordel dou algumas pinceladas no tema.

MS: Para você, discutir e trazer como tema os diversos tipos de preconceitos sempre foi algo que queria relatar em Amor de Cordel? Pergunto isso porque o livro apresenta e discute vários tipos de preconceitos, desde uma sociedade machista onde a mulher não pode ter certas atitudes, até a homofobia.
AM: Acho que isso aconteceu por acado, claro que queria abordar certos temas como à homofobia e por isso a história se passa no ano de 2010, antes da aprovação do casamento gay, mas os outros tipos de preconceitos foram surgindo aos poucos. 

MS: Focando um pouco mais na história, você pensa em escrever uma continuação para Amor de Cordel, nos deixando saber um pouco mais sobre a Carol e o Alexandre? 
AM: Na verdade já escrevi, há mais três manuscritos completando a história, contudo um deles é a história de Amor de Cordel sob o ponto de vista de Alexandre, inclusive estou relendo antes de lançar como e-book.

MS: Pretende lançar em versão física também? 
AM: Gostaria, mas vou ver como o e-book é recebido. 

MS: O Alexandre é bem ciumento em alguns momentos. Você pretende desenvolver mais esse lado ciumento dele nos outros livros ou não, era só um ciúmes bobo, sem importância? 
AM: Acho que o ciúme dele é resultado da insegurança de perder a Carol, por isso ele continua sendo ciumento e possessivo, no entanto, no último manuscrito dei uma guinada em relação a essa característica.

MS: Carol é uma mulher muito forte e é maravilhoso acompanhar a história dela, seguindo em frente após a separação, começando uma vida nova. Você acredita que a paixão dela pelo Alexandre foi o que ajudou ela a seguir em frente ou ela conseguiria continuar a vida e ser feliz mesmo se não se apaixonasse por Alexandre? Ou se caso essa paixão não fosse correspondida, ela iria ser feliz e seguir em frente podendo viver outras paixões? Outros amores? 
AM: Acho que sim, ou melhor, ela faz isso num dado momento, mas não posso contar mais senão estrago a surpresa para os próximos livros. 

MS: Você teve alguma dificuldade para desenvolver os personagens? Ou alguma parte do decorrer da história? 
AM: Sim, mas apenas no último livro, porque ele é narrado pelos dois personagens e pensar como um jovem de 27 anos não é tarefa fácil. 

MS: Se fosse dizer algo para si mesma antes de lançar Amor de Cordel, o que seria? 
AM: Nossa que pergunta difícil! Mas diria para nunca desistir, aliás, falo isso para mim o tempo inteiro. 

MS: Para encerrarmos, tem algo a dizer para seus leitores, seus fãs?
AM: Gostaria de agradecer e dizer que fico muito feliz quando recebo uma crítica positiva, aliás as negativas também são importantes para me ajudar a melhorar como escritora.

Pessoal, espero que tenham gostado da entrevista e gostaria de agradecer a Andrea por aceitar gastar um pouquinho do seu tempo respondendo com carinho as minhas perguntas. 
Comente aqui se gostou da entrevista, se ficou mais curioso para ler o livro Amor de Cordel e não se esqueça de seguir o blog. 
Mostrar Comentários
Ocultar Comentários

6 comentários:

  1. Muito legal a entrevista. Adorei conhecer um pouco sobre autora. O seu blog é muito bonito, tem um visual bem bacana e bastante moderno. Adorei conhecê-lo. Abraços!

    www.marcasliterarias.com.br

    ResponderExcluir
  2. Muito legal a entrevista mas novamente vou perguntar sobre a fanfic, você não vai mais postar??????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari, meu amor, me desculpe!!! É claro que vou postar a fanfic, mas estou em outro momento e com outros planos para a fanfic, assim que eu resolver tudo, vou fazer um post explicando, ok? Não desiste da fanfic, por favor!

      Excluir
  3. Gostei muuuito da entrevista.Parabéns :)
    Eu amo ler entrevistas, sempre me inspira! rs


    beeijão ^^
    http://www.carolhermanas.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Adorei a entrevista, ainda mais por conhecer um pouco mais da autora e seu ponto de vista.

    Bjs e um bom fim de semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir