Resenha | Rio de Tinta – Ana Lattaruli

Livro: Rio de Tinta
Autora: Ana Lattaruli
Editora: Novo Século
Páginas: 288
A roseira que cresce na beirada do rio e o barulho de um corpo batendo contra a água, muitos metros abaixo da pon¬te, assombram seus pensamentos durante a noite. Entre flashbacks, psicólogos, desenhos deixados para trás e uma morte ocorrida em circunstâncias misteriosas, Ally Clouds começa a descobrir quem ela realmente é e qual das pessoas ao seu redor está mentindo.
A Nova Zelândia é encantadora, cheia de magia e de pessoas de bom coração; ninguém jamais suspeitaria de nada acontecendo por ali. Ninguém a não ser Michael Orhan. Ele sabe que há algo errado com a vida de Ally, e, mesmo contra a vontade dela, aproxima-se novamente depois de ela passar oito meses estudando em casa, devido a acontecimentos desafortunados.
A mística casinha depois da ponte que passa logo acima do rio torna-se o único refúgio dos dois. Sem perceber, acabam sendo arrastados para dentro de algo ainda mais profundo do que o esperado. Ela não sabia que a proximidade de Michael traria graves revelações a ponto de ter de repensar sua vida. Do pior jeito possível, ela aprende que as pessoas nem sempre são o que parecem, e que as suas feridas jamais cicatrizariam completamente.
Já começamos a embarcar na história de Rio de Tinta com Ally Clouds em uma sessão com seu psicólogo, na verdade, em sua última sessão. E logo nas primeiras páginas, as perguntas vão se formando na cabeça do leitor: Ela gosta de rosas, mas quem é ela?; Ally tinha saído da escola e agora iria voltar, mas porque saiu?; Ally sonha com ela caindo, mas novamente, quem é ela?
Ally voltou para a escola depois de ter saído da mesma e agora é obrigada a conviver novamente com as pessoas que a chamam de louca e aberração, enquanto está sozinha no mundo. Sem nenhum amigo. Porém, isso muda. Michael Orhan lhe oferece uma carona e ela nem se lembrava de que eles eram vizinhos, mas mesmo assim, aceita, porém ela repete para si mesma que isso é errado. A cada dia que passa, uma amizade entre Ally e Michael começa a se formar, ele dá carona para ela todos os dias e aos poucos vai incluindo-a em seu mundo. Apresenta ela para seus amigos. O que Ally não sabe é que Michael é apaixonado por ela, de uma forma que nem ele entende porque ela é uma completa incógnita e mesmo assim ele sente uma felicidade enorme só por vê-la sorrir. Michael não apresenta Ally só para seus amigos, mas sim para o mundo, pois Ally Clouds nunca conheceu a própria cidade em que mora. Ally Clouds nunca saiu da rua de sua casa a não ser para ir à escola, pois seu pai nunca permitiu.
Todos chamam Ally Clouds de louca e aberração e isso tem um porquê que envolve seu ex-namorado, Noah. Logo após o acontecimento martirizante que acontece entre Ally e o ex-namorado, ela recebe a notícia de que sua mãe sumiu. para então um dia ela ver seu pai lhe dizer que sua mãe não foi encontrada, que ela morreu. 
Com uma dor angustiante dentro de si que Ally não conta e nem demonstra para ninguém, ela continua com sua vida rodeada por cores, afinal, Ally Clouds ama as cores e ama pintar, se pudesse pintaria o mundo todo para que o mesmo parecesse ter mais vida. Ally também tem seu esconderijo. O esconderijo que era o seu lugar seguro, o lugar seguro com sua família, com sua mãe. Ela vai lá todos os dias sozinhas. Porém, algo muda. Agora ela tem Michael, seu amigo e esse esconderijo passa a ser deles. Somente Ally consegue ver a casinha que fica perto do rio que ela ama jogar tinta para ver elas irem embora com a água. Os policias e nem seu pai viam aquela casinha, era invisível para eles, menos para Ally. E para Michael. E também para sua mãe quando a mesma estava viva.
A vida de Ally pode ser muito mais misteriosa e maluca do que todos dizem, pois nem ela tem ideia do que faz parte. Não entende o mistério que a cerca. Junto com Michael, Ally terá revelações e aprenderá até da pior forma possível que nem tudo é como se vê. Que as pessoas que deveriam amá-la podem não ser o que parecem e terá que aprender a viver com suas feridas, pois elas nem sempre serão cicatrizadas.

Eu juro para vocês que não estou sabendo como começar esta resenha. Já tentei várias vezes e todas parecem insignificantes diante desta obra. Rio de Tinta é aquele livro que te prenderá na primeira página e só deixará você respirar quando tiver virado a última e, mesmo assim você ficará por um bom tempo tentando assimilar e acalmar tudo dentro de você porque as palavras destas páginas formam uma das melhores histórias da sua vida.

Se eu fosse falar realmente de todos os personagens bons desta história, teria que falar de todos, até mesmo os que tiveram três ou quatro falas porque a escritora conseguiu trazer e desenvolver personagens tão fortes e maravilhosos que dão vida a está história forte e maravilhosa. Ally é aquela protagonista que te fará ter todos os sentimentos do mundo, menos os ruins, porque em momento algum você conseguirá odiá-la, ela é simplesmente vibrante como as cores, é a luz do sol e a calmaria das águas. Ela é tudo e mais um pouco.
"– Você não é louca, só é triste. – Essas palavras perfuraram meus pulmões. São a mais pura verdade. – E eu espero que você seja verdadeiramente feliz um dia."
Michael é... apaixonante. Não consigo encontrar palavras para descrevê-lo, pois todos os adjetivos que penso como, lindo, carinhoso, fofo, romântico e outros, parecem supérfluos demais perto de um personagem tão grandioso. Por mais que tenhamos a impressão de que ele só esteja fazendo parte da história da Ally, nos surpreendemos com a história tão maravilhosa dele e que mesmo que as pessoas digam para ele se afastar, ele não se afasta porque a Ally, com toda a sua diferença do resto do mundo, é a pessoa que faz ele sorrir ao dormir, pois quando acordar, será outro dia. Outro dia para ver Ally Clouds.
"Percebo que é simples fazê-la rir e que seu sorriso ilumina todo o planeta Terra. Por que ainda há gente que a faz chorar?"  
Noah, é um personagem que logo na primeira aparição dele, eu esperava algo a mais do mesmo. Tenho que confessar, eu não consegui odiá-lo em momento algum. A autora não me decepcionou, muito pelo contrário, como um bom personagem, ela mostrou que não criou nenhum personagem só por criar, todos tinham importância e um significado e Noah é um desses. Ele, trás uma parte da história onde responde algumas perguntas e cria outras, ao mesmo tempo, em que iremos descobrindo mais sobre ele e sua história.
"As pessoas não têm medo da morte, mas, sim, de não viverem seus sonhos antes de partir. Têm medo de não acabarem algo, de não começarem algo, de não serem lembradas. Têm medo de morrerem jovens, de não encontrar o amor antes que as cortinas se fechem e encerrem esta breve peça chamada vida. As pessoas têm medo da dor de quem fica, da falta que vão causar.
As pessoas têm medo da vida não vivida."
O pai da Ally foi um personagem que me surpreendeu muito. Acho que quando chegamos em certa parte do livro, esperamos algo forte deste personagem, mas sem dúvida não estava preparada para o que a escritora fez no final. Ela realmente surpreendeu e sem dúvida alguma, ela quis fazer seus leitores chorarem. 
Eu, como vocês sabem, sou completamente apaixonada por personagens coadjuvantes e neste livro eu tive muitos para amar, mas principalmente a Jade e o Dylan. Eles são aqueles personagens que não precisam de muito para te fazer amá-los, eles simplesmente são amáveis.
"Você não é maluca. Você é Ally Clouds, a garota nuvem. Você é o mistério mais bonito que eu já quis resolver. Se estão tentando te colocar para baixo é porque não conhecem nem metade de quem você realmente é. As pessoas, infelizmente, tendem a destruir o que não conhecem."
Rio de Tinta é narrado em primeira pessoa, intercalando a narração entre Ally e Michael. Temos dois pontos de vista, mas o bom é que nenhum deles sai do foco da história. A escritora conseguiu trazer as personalidades dos personagens sem que para isso precisasse afetar a narração tornando-a boba, muito pelo contrário.
Como vocês podem perceber, eu marquei várias e várias frases do livro e não porque são só bonitinhas, porque tanto na história quanto sozinhas, elas têm muito significado. Estou colocando várias, para que de alguma forma eu consiga mostrar a vocês o quão fantástico é este livro. Rio de Tinta não tem nenhum capítulo desnecessário. Sabe aqueles livros que contém capítulos insignificante só para a história ter mais páginas? Bom, Rio de Tinta não é assim. Cada pedacinho deste livro é necessário, é importante e é encantador.  
"Ela me deixou e mentiu para mim. Não só mentiu sobre ir embora, mas também sobre a vida. A vida não é colorida, não chega nem perto disso."
No primeiro momento eu não achei que o romance da história fosse me encantar tanto, não sei bem o porquê, mas foi a primeira impressão que tive. Porém, Ally e Michael são pessoas tão maravilhosas separadamente que só conseguiram ficarem ainda melhores juntos. Aquela provocação muda onde ninguém assume o que sente, ou aquelas personalidades tão diferentes ao mesmo tempo em que são tão iguais vão ganhando o leitor. É impossível não sorrir e não sentir o coração encher-se de esperança ao vê-los juntos porque eles são a esperança um para o outro. São o sentido de que podem superar, que podem carregar as cicatrizes, pois, mesmo que ainda machuquem, eles têm um motivo maior para serem felizes.
"Ela é como uma ave rara, diferente da maioria, única. E, por diversas vezes, imagino-a voando por entre todas essas pessoas tão iguais."
Bom, como comecei dizendo, desde o primeiro momento você já embarca de cabeça nesta história e a sua mente começa a fazer perguntas para si mesmo, querendo cada vez mais entender onde tudo aquilo vai dar. Você começa a criar suposições e sua mente parece só conseguir pensar nesta história, sem parar por um segundo. É fantástico ler Rio de Tinta porque essa inquietação maravilhosa ocorre durante toda história, como também já disse, nada aqui é desnecessário e sendo tudo tão importante, você fica cada vez mais ansiosa para ler e ler porque sua vida está se tornando aquilo. Com isso quero dizer que a Ana Lattaruli realmente conseguiu trazer aquele mistério magnífico que faz o leitor ficar instigado pela leitura.
"Por favor, orgulho, me deixe ir embora, as luzes já estão se apagando, a cortina já está se fechando. Não há muito mais para se ver daqui do chão. Eu só quero voar."
Espero ter conseguido até aqui demonstrar o quão maravilhoso, apaixonante, devastador e surpreendente foi ler Rio de Tinta. Este livro é a mistura de tudo que é bom. Ele tem um pouco de tudo que é mais maravilhoso e com isso se tornou magnífico. Rio de Tinta vai te fazer sorrir muito, mas não se engane, vai te arrancar lágrimas e mais lágrimas. Ele consegue te deixar em êxtase e isso é surreal, porque suas emoções se movem com o livro, pois você realmente embarca nesta história permeada por sentimentos bons e ruins. Permeada por flores e cores. Permeada com o mais puro sentimento que uma história pode transmitir: amor.
"Eu só gostaria de voltar no tempo, entende? Voltar para a época em que o medo não existia, e as cores representavam para mim a vida, não a morte. Mas não dá para voltar no tempo, e essa é nossa maldição. Estamos para sempre presos às escolhas que fazemos, sem chances de retroceder, mudar ou simplesmente fugir."
Adquira

18 comentários:

  1. Hey!
    Uau! É só no que consigo pensar para dizer dessa resenha tão vasta em sentimentos!
    Eu vi a capa e amei - confesso que sou dessas que compra e julga pela capa - daí li a sinopse e desanimei, então veio sua resenha e me encantei pela obra. Tanto, que já anotei para adquirir em breve!
    Caramba, fiquei realmente apaixonada pela história, pelo que você contou. Me senti como se estivesse lendo enquanto você narrava sua experiência com o livro. Só pela sinopse, eu jamais imaginaria que fosse tão bom. Mas agora, definitivamente quero para ontem! Você arrasou na resenha!
    Mil beijokas - Entre um Livro e Outro

    ResponderExcluir
  2. Faz tempinhos que quero esse livro, e sua resenha aumentou extremamente minha curiosidade ❤

    ResponderExcluir
  3. Li a sinopse e entendi vários nadas dela, não vou mentir. Mas lendo sua resenha e percebendo o quanto a história tocou você, percebi que é mais um livro que vejo aqui que tenho de dar uma chance algum dia.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do #Sorteio1KSeguidores

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    Antes de mais nada achei a capa linda e a foto da postagem linda também. Agora, nossa!!!!! Que história!!!! E como o livro tocou você!!! Eu gosto tanto de me sentir assim com uma leitura. É tão lindo falar do amor. E pelo visto todos os personagens desse livro são lindos. Fiquei curiosa com todas essas perguntas e com a explicação desse lugar que só ele, ele e a mãe conseguiam ver. Tenho certeza de que irei me emocionar e gostar tanto quanto você, não vejo a hora de ler. Adorei sua resenha!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, flor!
    Não conhecia o livro!
    Mas além da capa maravilhosa, os quotes que você trouxe deixou a resenha convidativa!
    Gostei bastante!

    Beijinhos :*
    Sankas Books

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Que resenha é essa? Eu não conhecia o livro ainda e logo que bati o olho na postagem já me apaixonei pela capa e pelo título do livro. E lendo sua resenha então, preciso ler esse livro. Engraçado que nunca vi nenhuma divulgação dele. É bom quando um livro nos surpreende.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Oie
    Uauu, com esta resenha mega positiva só me resta ler, gostei do enredo.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Tão raro ver uma resenha tão boa rsrs
    deu pra perceber que vc realmente gostou e consegue transmitir isso.
    Mas gente, que capa é essa, perfeita

    http://bookecoffee.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Nossa, nem acredito que além de ter essa capa maravilhosa, esse livro traz uma história encantadora também. Pelo tanto que você gostou fiquei empolgada para conhecer. Parece que você aprende um pouquinho com cada personagem :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  10. Nossa que resenha linda! Adorei! Eu não conhecia o livro, acho que é a primeira resenha que li sobre ele. Parece que a trama pega de jeito, sem contar a capa que é linda demais.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante
    Sorteio A guerra que salvou a minha vida

    ResponderExcluir
  11. Oii!
    Que linda a capa desse livro! Gostei da sua resenha e da história dele também, fiquei com vontade de ler.

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  12. Oieee, tudo bom?
    Nossa fiquei muito WOW ao ler essa resenha. Eu não imaginava que o livro teria uma história tão envolvente assim e ao mesmo tempo tão delicada. Além da capa ser super bonita *-*

    Beijos,
    Paixão Literária

    ResponderExcluir
  13. Olá!

    Que resenha maravilhosa foi essa? Meu Deus! Eu já estou super apaixonada por Rio de Tinta apenas por causa de suas palavras. Eu não conhecia nada da autora, mas agora eu quero muito ler esse livro. Sem contar essa capa tão linda.

    Beijão,
    www.cretinaliteraria.com

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem? Uau, pela forma como você falou da obra, deu para ver que gostou mesmo dela, né?! Adorei sua resenha e com certeza vou ler o livro!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  15. Ooooi,
    Eu amoooo esse selo que enaltece a literatura brasileira.
    Já conheci autoras maravilhosas assim!
    Adorei a capa deste.
    Beijo
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bem???
    Nossa que resenha mais maravilhosa, aliás sempre que venho aqui mergulho em suas resenhas. Elas são bem escritas e demonstra exatamente todo o seu sentimento em cada momento da leitura. Eu não conhecia este livro. Amei a capa e adorei saber um pouco do que esperar da história... parece aquele livro que você lê com vontade e que quando lê não consegue esquecer os personagens por um bom tempo. Xero!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Eu sou louca pra ler esse livro. Acompanho a autora pelo instagram e adoro os snaps dela por la, ou instastories kkkk ainda vou ler ele <3 ja vi alguns quotes e amei!
    http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Adorei a resenha, estou louca para ler esse livro! Amei o blog
    https://blogmeuqueridolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir