5 Piores casais (protagonistas) da literatura

Romance é um gênero literário muito famoso na literatura desde a antiguidade. Com casais e suas histórias de amor que encantam as pessoas é possível ver que esses livros podem, facilmente, se tornarem Best-Sellers.
Contudo, nem sempre os casais e suas histórias são boas. E, muitos livros famosos não conseguem histórias de amor tão boas quanto é proposto. Mesmo que façam sucesso, em um contexto geral, esses casais acabam entrando na lista de piores romances da literatura.

LUCE E DANIEL | FALLEN – LAUREN KATE

Essa saga de livros tem seus altos e baixos, mas, tirando o romance entre os protagonistas, ela pode ser maravilhosa. 
Luce e Daniel tem uma proposta de romance muito interessante, já que tem a maldição e ela sempre vai morrer, mas o que acontece fora do romance, envolvendo a história de cada um – principalmente dela – separadamente é muito mais importante.
Por mais que a autora tente criar um mistério, querendo deixar a dúvida no leitor, "será que eles vão ficar juntos", ela não consegue porque é muito óbvio.
Luce é uma personagem que é bem desenvolvida em alguns momentos, mas que em algumas partes, como no livro Tormenta, acaba dependendo demais do Daniel e essa necessidade de um estar com o outro é insuportável. Então, quando separamos a protagonista do mocinho podemos ver o quão interessante ela é, mas quando estão juntos é excessivamente entediante e acaba até menosprezando o enrendo em si.
Daniel e Luce são interpretados, respectivamente, pelo ator Jeremy Irvine e pela atriz Addison Timlin nos cinemas.

ALLYSON E WILLEN | APENAS UM DIA – GAYLE FORMAN

Mesmo não sendo um livro totalmente ruim, Apenas Um Dia acaba sendo o livro mais fraco da autora Gayle Forman. Com a proposta realmente de uma história mais simples, mas ainda com um propósito, tudo acaba se perdendo com o romance entre os protagonistas, Allyson e Willen. 
Personagens que no início parecem ter muita personalidade, acabam entrando no esteriótipo de que tudo é motivo para um chamar a atenção do outro e despertar a paixão, porém acaba sendo totalmente forçado e não conquista ninguém. Com a proposta de tudo acontecer em um dia, a história se perde porque a protagonista não consegue se concentrar em conhecer a si mesmo porque está prestando a atenção em como o Willen é bonito e bem resolvido.
Sem conseguir realmente trazer as emoções dos personagens, eles acabam virando mais do mesmo e sem nada para realmente nos trazer. O romance forçado só mostra a necessidade de querer mostrar sentimentos, mas o leitor consegue ver o quão supérfluos eles são. 
"Diga um dia e se esqueça do para sempre. Que depois de um dia vem o coração partido. Não é atoa que ela não lhe dirá quem realmente é.

BETHANY E XAVIER | HALO – ALEXANDRA ADORNETTO

Sendo o primeiro livro de uma trilogia, Halo é aquele livro que a história é ótima, mas os protagonistas nem tanto. 
Bethany sendo a principal protagonista, é uma personagem extremamente interessante, que tem uma história curiosa e que faz os leitores quererem ler o livro, porém, ela acaba se perdendo ao se entregar ao amor – à primeira vista – por Xavier, este que acaba sendo o pior e mais irritante personagem de toda a trilogia. 
Bethany traz a realidade de que ninguém é perfeito, afinal um anjo enviado à Terra para se passar por humano e salvar o mundo, acaba se rendendo aos desejos carnais e se apaixona por um humano, indo contra tudo o que lhe é importante. Porém, tendo uma personagem tão real quanto a isso, Xavier acaba sendo o oposto e passa uma superficialidade constante na história. Ele consegue ser realmente perfeito em tudo, sem nunca errar, tendo muitos amigos e sendo sempre a vítima, o que acaba tirando a realidade do personagem e o torna insuportável.
Outros personagens precisam se sacrificar por eles, mas eles, quando estão juntos, não se importam com ninguém, a não ser eles mesmos, o que acaba irritando o leitor e mostrando o quão ruim eles são juntos.
Às vezes a gente conhece uma pessoa e simplesmente encaixa. A gente se sente bem com ela, como se a conhecesse a vida inteira, e não precisa fingir ser o que não é.

JENNIFER E ANTHONY | A ÚLTIMA CARTA DE AMOR – JOJO MOYES

Mesmo sendo muito conhecida por causa de seus livros, Jojo Moyes acaba deixando sua essência de fora deste livro, que acaba sendo um romance tolo perto de muita coisa que já fez.
Já começando com um romance baseado em traição, ela traz duas protagonista, uma delas sendo Jennifer e sua história se passa na década de 60. Jennifer se apaixonando por outro homem, Anthony e acaba vivendo um romance secreto com ele. E só. A história não oferece mais nada, por mais que tente. É um romance e só.
O mais triste é que a autora tinha possibilidades fantásticas de uma história boa, mostrando realmente que a personagem estava na década de 60. Tudo é mostrado por cima, sem importância. Ela sofre o machismo imposto da época, mas isso não é realmente mostrado. Ela pede o divórcio e isso seria um escândalo para a sociedade, mas o leitor não vê isso. A autora tinha possibilidades de desenvolver um romance arrebatador, mostrando a realidade da época, mas se perde ao forçar o leitor à acreditar que tudo aquilo é realmente paixão, quando ninguém vê isso.
"Se eu me permitisse amar você, isso me consumiria. Só existiria você. Eu viveria com medo de que você pudesse mudar de ideia. E, se isso acontecesse, eu morreria."

AMERICA E MAXON | A SELEÇÃO – KIERA CASS

Muitos não concordam. Os fãs do casal protagonista desta série são em grandes números. Porém, se você disser para esse público muitas coisas que tornam o casal ruim, esses fãs concordam. Além de trazer a fantasia do príncipe e a princesa, os fãs se apaixonam pelo romantismo do príncipe, que na verdade é meio bobo e superficial. Separadamente, são personagens com histórias boas e interessantes, mas, juntos acabam se tornando clichê demais.
America se torna irritante ao fingir que tem uma dúvida entre Maxon e Aspen, quando, na verdade, todos sabem com quem ela vai ficar. Maxon, sendo o personagem capaz de tudo pela sua amada, acaba tendo atitudes não tão boas, mas que os fãs fingem não ver. 
É um livro fascinante, desde questões políticas até sociais, mas que se perde ao trazer um romance que conquistou o público, mas que não quer dizer que seja bom. É muito fácil Maxon ser romântico, já que ele tem todos aos seus pés e pode fazer o que quiser pela America e isso o público não vê. Claro que tendo seus momentos interessantes, até para o público que não torce por ele, todos acabam não se importando se eles vão ficar juntos ou não, porque diante de uma história tão boa, eles, juntos, se tornam entediantes.
"Espero que encontre uma pessoa sem a qual não possa viver. Espero muito. E desejo que nunca precise saber como é viver sem ela."
Provavelmente você não concorda comigo em algum ponto desta lista, mas todos sabem que a opinião literária é bem diversificada e talvez, o meu casal favorito seja o seu pior casal. No fim, o que importa são os livros que lemos e as histórias que compartilhamos.

10 comentários:

  1. Oi, Gabi. Eu só li Fallen e A seleção, e na época tinha gostado de ambos casais, mas quando vi o filme de Fallen vi o quanto o casal se torna superficial, e meio sem graça. Sem contar que Maxon é realmente um personagem muito mais ou menos, clichezento e sem nenhum grande papel na trama, o que é uma tristeza. Eu tenho esse livro da Jojo mas não li por causa dos personagens e essa traição, não curti.
    Beijos
    http://www.leitoraencantada.com/2017/11/irresistivel-jessica-bird-resenha.html

    ResponderExcluir
  2. Oie
    Dos livros citados eu li somente A seleção e eu não lembro direito o que eu achava dos personagens e bem como vc disse no fundo já sabemos com quem a América vai ficar. Adorei o post.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá, Gabi.
    Gosto é gosto e cada um tem o seu. Porque tenho que discordar de todos os casais escolhidos hehe. Eu gostei de todos. Maxon e America foram feitos um para o outro. A ultima carta de amor foi o primeiro livro que li da autora e amei os personagens. E Apenas um dia também foi o primeiro livro que li da Gayle e também supre amei o casal hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Oi Gabi! Gostei das escolhas, o casal do Faller realmente são bem chatinhos hahahaha

    Beijos

    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem? Dos livros citados só li "A seleção". Foi há alguns anos atrás, quando era mais nova, e me apaixonei pelo casal, porém lendo o que tu disse, acho que se eu relesse o livro talvez não gostasse mais tanto assim, heheh. Adorei a postagem!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  6. Oi Gabi, tudo bem?
    Da sua lista, eu só tive contato com Fallen. A trama em si é muito boa, tanto que li todos os livros em menos de uma semana. Quanto ao casal eu gostei deles juntos, mesmo não concordando com algumas atitudes que tinham.
    Bjus
    Doces Letras

    ResponderExcluir
  7. Olá,

    Adorei o post, no começo não consegui engolir a Luce e o Daniel de Fallen, mas conforme foi passando os livros, foi me conformando com eles.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  8. Olá.
    De todos, só li a série Fallen. E concordo com você... Agora, ainda não assisti ao filme, e nossa...pela imagem que você selecionou, achei a Lucy bem velha.hahaha
    Beijos
    5 O'clock Tea

    ResponderExcluir
  9. Então, sua lista me deixou preocupada, hahahah
    Tenho Apenas um dia e A última carta de amor, mas ainda n li nenhum dos dois XD
    Confesso que gosto da América e do Maxon sim, mas tbm admito que a série tem problemas!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Dos livros citados eu só li A Seleção e discordo de você, adoro o romance! hahaha Faz parte rs
    Beijos

    www.lendoeapreciando.com

    ResponderExcluir