3 Piores finais de livros

Infelizmente, nem sempre todas as histórias conseguem ser boas para todo mundo, afinal, muitas vezes se baseia em questão de gosto e opinião pessoal. Porém, o pior não é não gostar do livro, o pior é quando o final acaba sendo extremamente decepcionante.
Pensando nestes finais, trouxe 3 livros que independente de serem bons ou ruins, tem finais não tão bons e que podem mesmo ser decepcionantes.

APENAS UM ANO - GAYLE FORMAN

Não é novidade para quem acompanha o blog, a admiração que tenho pela Gayle Forman, mas, infelizmente, a duologia Apenas Um Dia e Apenas Um Ano são os livros mais fracos da autora e no final, quando o leitor acredita que ainda pode restar algo bom, tudo se torna decepcionante.
Willem e Allyson é um dos piores casais da história porque não existe um romance, nem mesmo uma atração verdadeira na qual os leitores possam ver. Sem química nenhuma, é como se fossemos obrigados a acreditar naquela paixão e isso torna tudo ainda mais maçante. Porém, estamos chegando no final e quando o leitor realmente acredita que a autora vai permitir a seus leitores um final digno, com seus personagens seguindo seus caminhos, ela consegue estragar tudo juntando eles novamente, acabando com o único propósito bom na história. Como um conto de fadas, eles tiveram seu "felizes para sempre", mas o leitor consegue ver que com as personalidades dos personagens que aquele não era o final digno deles.
"Há uma diferença entre perder algo que sabia ter e perder algo se descobriu ter. Uma é decepção. A outra é perda de verdade."

A LINGUAGEM DAS FLORES - VANESSA DIFFENBAUGH

Recentemente, postei a resenha deste livro aqui no blog e levantei pontos positivos e negativos da história, mesmo que eu tenha gostado da essência dela. Contudo, a história se perde um pouco ao tentar incluir um romance que o leitor não compreende o porquê, não existe razão e verdadeiramente, não parece ter paixão alguma e incomoda a forma como tudo acontece. Com isso, chegamos ao final, extremamente doloroso para um leitor que compreende a essência da história e entende que a protagonista merecia muito mais.
O final feliz extremamente clichê criado para a personagem chega a ser ridículo perante uma história tão interessante. Victoria, a protagonista, mostra no livro inteiro que precisa de amor e de confiança, mas, com certeza, viver um romance tosco não é o necessário. A autora verdadeiramente tinha diversas outras pessoas e acredito que no final se perdeu, recorrendo-se ao clichê e superficial, estragando uma história tão fantástica com um final medíocre.
"Eu tinha recebido uma chance, uma última chance, e de alguma maneira, sem querer, estraguei tudo."

A ÚLTIMA CARTA DE AMOR - JOJO MOYES

Não só o final, mas este livro foi e ainda é completamente decepcionante. Provavelmente, o livro que menos gostei em toda a minha vida e que além de uma história ruim, piora tudo com um final qualquer.
Os dois romances da história são em base, um adultério, tudo gira em torno de traições e sinto muito, mas não gosto nem um pouco disso. Para piorar, com a primeira protagonista, talvez o leitor gostasse do romance se houvesse um motivo real e plausível para ela odiar tanto o marido, talvez a autora tenha tentado criar este motivo, mas o que o leitor vê é um marido que embora composto por um machismo da época, ainda amava a esposa e tentava de tudo para ficar com ela. No entanto, com a segunda protagonista, vemos que tudo é uma história que claramente no final, não importa quantos anos depois, tudo dá certo. Uma história pobre em conteúdo, que não aproveitou os recursos que tinha, um romance que chega a ser idiota e um final que frustrante é elogio, A Última Carta de Amor é incomparável a outras história da autora e infelizmente, ela se perdeu neste livro e não traz nada para o leitor.
"Se eu me permitisse amar você, isso me consumiria. Só existiria você. Eu viveria com medo de que você pudesse mudar de ideia. E, se isso acontecesse, eu morreria."
Com esta lista curta, quero fazer deste um post quase um desabafo, onde você leitor pode comentar aqui um final de um livro famoso que você não gostou e você não será julgado por isso. Afinal, da mesma forma que eu não consegui gostar deste três finais, muitos outros leitores podem ter amado.

11 comentários:

  1. Oii Gabi, estou lendo atualmente A Linguagem das Flores e estou gostando, vamos ver o que vou achar do fim.
    -Beijos,Carol!
    http://entrehistoriasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Gabi. Pra mim não tem coisa pior que final em aberto, isso me mata por dentro. Quero algo fechadinho, mesmo que seja ruim sabe? Os livros acima eu não li, mas citaria Eleanor e Park que foi uma baita decepção. Deus me livre!
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, eu ia comentar isso. Pior coisa na vida é final aberto, você demora para caramba para terminar um livro e quando vê, o final fica sem resposta... Horrível mesmo!

      Excluir
  3. Tenho que concordar sobre "apenas um dia". Adoro muito a Gayle, mas esse livro infelizmente não rolou. Muitos momentos eu li arrastada porque não queria abandonar. Confesso que até hoje não senti vontade de ler o segundo livro e vendo agora essa sua postagem, continuo sem vontade mesmo rs.
    Sobre "a última carta de amor" eu gostei bastante. Apesar da narrativa no começo ser bem parada, eu gostei de como tudo ocorreu.

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  4. Oi, Gabi!
    Olha, eu já me decepcionei com a Gayle Forman com a continuação de Se Eu Ficar. Sério, para mim, Para Onde Ela Foi é completamente desnecessário. Bom saber disso pra não me decepcionar com esses daí, hehe! Os outros autores, nunca li.

    Beijinho!
    www.controversos.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, Gabi.
    Final ruim para mim é final que não tem final, tipo Caixa de Pássaros. Odeio finais abertos. E nossa opinião não bateu nesse post porque gostei dos 3 livros citados. Uma carta de amor foi o primeiro livro que li da autora e amei. A linguagem das flores eu gostei do final se fosse diferente eu não teria gostado. E o livro da Gayle tem um final sim, é um conto que não foi lançado aqui no Brasil por isso pareceu que não teve final.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Nossa amei seu blog, sobre os livros não conheço nenhum. (ps: já te adicionei no meu blogroll)
    Beijos https://strangerboy01.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bom?
    Eu queria ler A última carta de amor, mas saber que não só o final é ruim, mas o livro todo também me deixou beeem desanimada.
    É horrível quando o final é ruim, da uma decepção, principalmente se há mais que um livro.

    Beijos, Ally.
    Amor Literário

    ResponderExcluir
  8. Oi Gabi, eu adoro um feliz, mas confesso que os abertos são os piores, deixam a gente bem frustada, né? Eu não li nenhum da sua lista, mas caso eu leia, se tiver coragem rsrsrs, vou me preparar para finais decepcionantes rs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  9. Helloo, Gabi. Tudo numa nice?!
    Eu li apenas um outro livro da Gayle, mas não acho que sou muito afoita de acompanhar os livros dela. Talvez porque não tenha curtido Apenas um Dia. Nunca consegui terminar a obra e talvez esteja pensando que não seja uma boa ideia já que você não os considera bons. Acho que finais são o final da ponta do iceberg para que o prazer literário ocorra.
    Beijin...
    Alana Gabriela | Books and Stuff

    ResponderExcluir
  10. Gabi, esses dias me peguei pensando nos livros da Jojo. Li Como eu era antes de você e a garota que você deixou para trás, simplesmente AMEI! Mas ultimamente tenho visto um romance atrás do outro e isso tem me deixado com um pé atrás em relação à qualidade dos livros. Finais clichês e idiotas, realmente, são decepcionantes. Amei a postagem!
    Beijo grande,
    Café, Vodka e Literatura

    ResponderExcluir