19 de fevereiro de 2019

2 CASAIS COADJUVANTES QUE MERECIAM MAIS DESTAQUE

Sabemos que em muitas histórias, mesmo com seus casais protagonistas, ocorre o fato de nos encantarmos por casais coadjuvantes e querer saber mais sobre eles e suas histórias. No entanto, isso nem sempre acontece, já que muitas vezes não são personagens que crescem na história ou que se desenvolvem ao decorrer dela. Por isso, hoje separamos apenas dois casais, mas que são bons e que poderiam ser melhores ainda, caso ganhassem mais destaque em sua história.

ASPEN E LUCY | A SELEÇÃO – KIERA CASS

Eu sei que este casal divide opiniões dentro do enredo de A Seleção, mas eu, Gabi Gomes, estou aqui para defender este casal que, na minha opinião, é claramente injustiçado em A Seleção. Por que eu defendo esta ideia? Pense claramente o porquê de muita gente não gostar do casal: porque ele simplesmente não foi desenvolvido. A escritora pulou toda a história deles e quando nos revelou, tudo já tinha acontecido e ficou meio "só para não deixar o Aspen sozinho".
Aspen é uma parte importante desta história, já que a America já se apaixonou pelo guarda e se dividiu durante boa parte da história, então é claro que em algum momento, a história deveria nos deixar claro que poderia realmente estar acontecendo algo entre Aspen e Lucy, mas não deixou. Algumas pessoas até conseguiram imaginar, mas ninguém realmente tinha certeza e isso deixou eles jogados na história.
Agora pense comigo que incrível seria o enredo de um guarda que é ou já foi apaixonado pela selecionada do príncipe, a quem jurou amar para sempre, estar se apaixonando pela empregada desta selecionada? Gente, se isso tivesse se desenvolvido e mostrado os impasses que poderia ter e a forma como o sentimento deles iria amadurecendo, com certeza seria algo grande. Aspen e Lucy foram, claramente, injustiçado pela Kiera Cass.
"– Vou odiar você para sempre por partir meu coração – jurei. – Mas você sabe o que é pior?
Aspen negou com a cabeça.
– O pior é que vou amá-lo para sempre também. Você salvou minha vida. Eu estava me escondendo dentro de mim mesma, e você me fez parar com isso. Esse é a pior parte." 

Você já conhece o nosso canal no YouTube? Passe a acompanhar o Magia é Sonhar também no YouTube e todos os conteúdos que são exclusivos do canal: CLIQUE AQUI

BEN E LACEY | CIDADES DE PAPEL – JOHN GREEN

Este casal, ao contrário do primeiro que citamos aqui, é praticamente adorado por todos que leram o livro e muitos chegam a dizer que Ben e Lacey foram o casal que salvaram Cidades de Papel, já que se entediavam com os protagonistas.
Bom, eu gostava dos protagonista, mas como uma boa leitora que se encanta por casais coadjuvantes clichês, não iria deixar de me apaixonar por Ben e Lacey, um casal que mesmo clichê consegue se manter na história, com uma dose de comédia e talvez até de romance nos momentos certos.
Eles até que se desenvolvem durante a história, mas todo leitor que gosta de Cidades de Papel, deseja saber um pouco mais deles e desses sentimentos adolescentes bobos, mas que são fofos. Sendo os melhores amigos dos protagonistas, os personagens entram no esteriótipo de popular versus nerd, porém, consegue mostrar um sentimento se desenvolvendo sem focar nestes esteriótipos, já que a história se passa em boa parte na estrada e não no colégio. Mesmo que consiga fazer o leitor sorrir com as poucas cenas que temos deles, ainda seria incrível ver mais de Ben e Lacey, com mais desenvolvimento.
Halston Sage e Austin Abrams interpretam, respectivamente, Lacey e Ben na adaptação cinematográfica do livro.
O que vocês acham sobre esses dois casais? Comente aqui qual casal coadjuvante você gostaria que tivesse mais destaque.

10 comentários:

  1. Uma pena quando isso acontece. Os casais coadjuvantes também podem ser interessantes.
    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    O blog está em HIATUS DE VERÃO até o dia 23 de fevereiro, mas tem post novo. Comentarei nos blog amigos nesse período.

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Oi Gabs
    Eu já li ambos livros e apesar de não curtir muito eles, porque eu não vejo isso tudo que a Seleção faz parecer que é, eu concordo que o Aspen foi muito deixado de lado na história, e olha que ele era pra ser um dos principais né? Enfim, é triste e geralmente acontece muito isso em fantasia com triângulos amorosos com a parte que não fica com o protagonista.
    Beijo!

    http://www.capitulotreze.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oiii Gabi

    Olha realmente concordo contigo que o Aspen e Lucy ficou muitoooo em segundo plano, basicamente irrelevante, é como se a autora só quisesse dar um final pro Aspen e já tá. Não sei, não é um casal que me inspire, talvez se tivessem tido mais destaque eu pudesse até gostar um pouco...

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Gabi!
    Bom, A Seleção eu não li, então não posso opinar. Cidades de Papel eu li, mas não lembro muita coisa, então não posso opinar também! kkkkk
    Pra mim o casal que poderia ter aparecido bem mais e ainda sofreu horrores foi Remus Lupin e Dora Tonks, como um amor lindo desses foi tão pouco explorado hein dona JK?? Hahahahahaha...

    Beijus;
    Mente Hipercriativa
    FanPage Mente Hipercriativa

    ResponderExcluir
  6. Oie!
    Eu concordo com você em relação ao Aspen e Lucy. Gostei muito do Aspen, e me partia o coração ver ele sendo jogado de escanteio hahaha mas aí eu gostava do Maxon também! Odeio triângulos amorosos. Fiquei feliz quando o Aspen e a Lucy ficaram juntos, eu adoraria ler mais sobre eles! Não ligaria.
    Beijos
    Our Constellations

    ResponderExcluir
  7. Oi, Gabi

    Eu sempre sinto isso lendo meus romances de época! Hahaha
    Tem personagens tão bons que é quase um pecado eles ficarem tão em segundo plano.
    E realmente Aspen e Lucy foram injustiçados, parece que a Kiera não sabia o que fazer e juntou os dois pra deixar o caminho livre pro Maven, o que não foi justo, porque os dois personagens eram adoráveis!

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  8. Não cheguei a ler as obras, mas fiquei babando pelos casais e pelos detalhes que pontuou. Que lindezuras!

    semquases.com

    ResponderExcluir
  9. O casal de 'A seleção' não conheço, pois não li a série. Já o de 'Cidades de papel' eu li e concordo contigo. Os protagonistas são meio chatos e se não fosse eles, teria ido por água abaixo oficialmente.
    Bjks!

    Mundinho da Hanna

    ResponderExcluir
  10. Caramba sempre pensei a mesma coisa sobre Aspen e Lucy. Acho que vc toda razão, infelismente não cheguei a ler cidades de papel ainda mais pretendo ler assim que der. Meus parabéns vc tem um blog incrível, sou apaixonada por livros e seu canal e seu blog sempre me impressiona em tudo parabéns msm.��

    ResponderExcluir